“Bondade” é a grande campeã do XXVII Festival Antense da Canção

Foi realizada no sábado, dia 19 de setembro, a grande final do XXVII Festival Antense da Canção – Troféu Sá Marina, que agitou a região e a Internet em todas as suas fases. A eliminatória aconteceu no 12 de setembro, e reuniu 40 músicas todo o Brasil e até do exterior, selecionadas entre as 94 que se inscreveram na competição, o que representou um recorde de participantes e comemorou com sucesso os 27 anos de boa música. O evento, que este ano foi realizado on-line, em função da pandemia do novo Coronavírus, já se tornou uma tradição para o público de Sapucaia e cidades vizinhas.

A proposta do Festival é fazer o município respirar música e degustar poesia nos dois dias de competições entre cantores e cantoras, com suas composições autorais. Os prêmios do evento somam um total de R$ 8.000,00, distribuídos em 1°, 2° e 3° Lugares; Melhor Intérprete; Melhor Videoclipe (Produção); Melhor Letra; e Música da Galera (Júri Popular). Para a grande final foram classificadas 12 canções, que foram votadas pelos jurados participantes de acordo com os seguintes quesitos: letra, música, intérprete e videoclipe.

Os jurados desta edição especial on-line foram: Victor Marques, bacharel em Letras (Português e Literatura) e mestre em Antropologia Social; Clark Mangabeira, escritor, antropólogo, bacharel em Direito, Ciências Social e Letras, mestre em Ciências e doutor em Antropologia Social; Oseias Portes dos Santos, músico natural de Anta, professor de guitarra e violão; Edson Mauro Silveira Costa, formado pelo Conservatório Brasileiro de Música em Teoria Musical, professor de teoria e prática de instrumento de sopro e maestro regente; e Sílvio Charles, músico baterista e percussionista de artista de renome.

O primeiro lugar geral do Festival ficou com a música “Bondade”, de Projeto Safe – Leandro Saucer (Três Rios-RJ); seguida por “Páginas desviradas”, de Clebert Nascimento e Taty Lacerda (Barreiras-BA); e por “Sinal dos tempos”, de Ronald Saar e Lôids (Três Rios-RJ). O prêmio de Melhor Intérprete foi para Taty Lacerda, com a música “Páginas desviradas”. A Melhor Letra foi da canção “Eu vim”, de Manoel Gandra & Ruthe Glória (Formiga-MG); e o Melhor Videoclipe foi de “Bondade”, de Projeto Safe – Leandro Saucer. E o prêmio tão esperado de Música da Galera, escolhida através de votação do júri popular, foi para “Páginas desviradas”, eleita com 540 votos, entre as 2.502 pessoas que votaram.

A transmissão do Festival ultrapassou a marca de 7 mil visualizações no YouTube, juntando as lives da eliminatória e da final. Segundo o diretor de Comunicação e produtor audiovisual do evento, Leandro Marcelino, importante ressaltar que a transmissão teve espectadores de Londres, Espanha Portugal, mas quem marcou presença em peso mesmo foi a Bahia. “O evento colaborou muito para fortalecer a imagem da cidade, pois todos nossos pontos turísticos e belezas naturais foram exibidos durante as lives, em vários vídeos diferentes, dando oportunidade às pessoas de conhecerem melhor o município”, declara.

Estiveram presentes no evento o prefeito de Sapucaia, Fabrício Baião, e o professor Alan Francisco dos Santos, idealizador do evento. Fabrício Baião destacou a importância do Festival para a cultura sapucaiense: “é com enorme alegria que estamos realizando este festival. Gostaria de agradecer a toda a minha equipe envolvida, que trabalhou incansavelmente; ao professor Alan, que realizou a primeira edição deste festival em 1981 e luta para mantê-lo vivo; e a todos que participaram”, disse.

“Para nós, sapucaienses, esse evento é motivo de grande orgulho. Tibério Gaspar, autor de Sá Marina, junto com o Antônio Adolfo, participou muitas vezes desse festival. E a música deles ganhou o mundo na voz de grandes artistas… Não podemos deixar isso acabar, precisamos realizar este festival anualmente, independentemente do poder público. Esse projeto é brilhante e agradeço a Deus por permitir que tudo isso acontecesse. A cultura em Sapucaia teve um avanço enorme em nossa gestão, porque sei da importância da cultura, do esporte e do lazer para a comunidade. Precisamos sempre lutar pela valorização e resgate das origens e tradições da nossa cidade. Podem contar sempre comigo”, ressaltou o prefeito Fabrício Baião.

Resultado Final do XXVII Festival Antense da Canção – Troféu Sá Marina:

  • 1º LUGAR: BONDADE – 175 PONTOS
  • 2º LUGAR: PÁGINAS DESVIRADAS – 173 PONTOS
  • 3º LUGAR: SINAL DOS TEMPOS – 172 PONTOS
  • 4º  LUGAR: A LUZ DE UMA CANÇÃO – 171 PONTOS
  • 5º LUGAR: MARÉ RASA – 170 PONTOS
  • 6º LUGAR: EU VIM e CONTRA CORRENTE – 169 PONTOS
  • 8º LUGAR: MEIA HORA, SOL DOS SIGNOS e TUA GUIA  – 168 PONTOS
  • 11º LUGAR: EUFORIA e o VENDEDOR DE PIPAS – 167 PONTOS

  • Outras premiações:
  • Melhor Intérprete: Taty Lacerda, com a música “Páginas desviradas” (Barreias-BA)
  • Melhor Letra: “Eu vim”, de Manoel Gandra & Ruthe Glória (Formiga-MG)
  • Melhor Videoclipe: “Bondade”, de Projeto Safe – Leandro Saucer (Três Rios-RJ)
  • Música da Galera: “Páginas desviradas”, de Clebert Nascimento e Taty Lacerda (Barreiras-BA)

Comunicação PMS

Fotos: Leandro Marcelino

Skip to content