Obras de melhorias da CEDAE continuam em Jamapará e Prefeitura de Sapucaia solicita que a população economize água

 

Nos últimos dias, o abastecimento de água no distrito de Jamapará tem sofrido algumas limitações. A situação se deu porque a ETA (Estação de Tratamento de Água) da localidade rompeu uma das paredes, e está sendo feito um reparo para sanar o problema. Segundo a CEDAE, o conserto demora de 20 a 30 dias para ser completamente finalizado, e com isso o sistema de abastecimento de água teve que ser reduzido para a realização de manobras, alternando o abastecimento entre Jamapará e Barão, e Clube dos Duzentos.

Mas, para o prefeito de Sapucaia, Fabrício Baião, o esforço vai valer a pena. “Esta estação de água é muito antiga, tem mais de 20 anos, e aproveitando a oportunidade da manutenção, a Prefeitura conseguiu junto à CEDAE a liberação de um investimento de mais de R$ 100 mil no local para a modernização da ETA. Essa obra vai dobrar a capacidade de tratamento de água da estação, melhorando ainda a qualidade da água para consumo, e tem por finalidade gerar benefícios importantes no atendimento à comunidade”, disse.

A Prefeitura de Sapucaia continua em alerta e o prefeito Fabrício Baião já esteve na ETA do Barão acompanhando de perto a situação. Fabrício exigiu da CEDAE rapidez na execução das obras e informa que outras melhorias também serão feitas nas linhas de abastecimento e captação de água de Sapucaia e Anta.

Mas o prefeito solicita a toda a população que, neste período de obras, faça o uso consciente da água, economizando, evitando desperdícios e deixando de lavar carros e usar piscinas. “Em breve a situação será solucionada e o abastecimento não só voltará ao normal, como será muito melhor. Trata-se de um ganho enorme para a população de Jamapará. Mas, neste momento, precisamos da compreensão e da ajuda da comunidade”, declara o prefeito.

 

Comunicação PMS

Fotos: Adenilson Mendes