Prefeito Fabrício Baião lidera movimento contra lei que proíbe incentivos fiscais no RJ

Ontem, dia 13 de junho, foi feriado em Sapucaia, mas o prefeito Fabrício Baião estava trabalhando e liderou um grupo de prefeitos da região que participaram de uma reunião na Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ), com representantes da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) e deputados estaduais, entre eles Luiz Paulo, Edson Albertassi, Rafael Picciani e Paulo Melo.

O objetivo do encontro foi reivindicar junto à ALERJ que o deputado Luiz Paulo abra mão de um projeto de lei de sua autoria (7.495/2016) que proíbe a lei de incentivo fiscal no estado do Rio de Janeiro. A lei estabeleceu que o governo do Rio está impedido de conceder por dois anos novos incentivos fiscais ou benefício de natureza tributária de quais decorram renúncias de receitas, novos financiamentos, fomentos econômicos ou investimentos estruturantes a empresas sediadas ou que venham a se instalar no estado.

De acordo com o prefeito de Sapucaia, a conversa foi no sentido de sensibilizar os deputados para a importância desta lei para os pequenos municípios do estado. “Somente assim conseguiremos atrair a instalação de novas indústrias e empresas e fazer com que nossas cidades continuem crescendo e se desenvolvendo economicamente. Mas para que isso aconteça precisamos da lei de incentivo fiscal de volta”, declara Fabrício Baião.

Após a reunião, as autoridades políticas estiveram também com o secretário estadual da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo, para discutir o mesmo assunto. Participaram junto com o prefeito Fabrício Baião deste movimento os prefeitos de Três Rios, Levy Gasparian, Paraíba do Sul e Areal e os vereadores sapucaienses Regina Alipio, Dudu Legal, Gustavo Galluzzi e Maicon do São João.