Prefeitura de Sapucaia no combate ao mosquito Aedes Aegypti

A Prefeitura de Sapucaia segue trabalhando para combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya. Ontem, dia 26 de março, agentes de saúde percorreram as ruas do distrito de Aparecida, vistoriando e realizando tratamentos em locais de possíveis criadouros.

A Secretaria Municipal de Saúde vem cumprindo todas as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde na luta contra o mosquito. O trabalho preventivo, feito durante todo o ano, costuma ser intensificado em épocas de maior incidência das doenças, com o objetivo de reforçar as ações realizadas, e mobilizar e conscientizar os moradores de que também devem colaborar, estando atentos a locais de possível infestação.

10 minutos contra a dengue

Dedique 10 minutos da sua semana e adote essa ideia, verificando sua casa e seu quintal. Mantenha sempre:

  • Caixas d’água vedadas;
  • Calhas limpas;
  • Tonéis, galões, poços, barris, lixeiras e garrafas bem fechados;
  • Pneus sem água e em lugares cobertos;
  • Ralos limpos e com tela;
  • Bandejas de ar condicionado e geladeira limpas e sem água;
  • Pratos de vasos de planta com areia até a borda;
  • Bromélias e outras plantas sem acúmulo de água;
  • Vasos sanitários sem uso constante fechados;
  • Baldes virados com a boca para baixo;
  • Lonas de cobertura bem esticadas para não formar poças;
  • Piscinas e fontes sempre tratadas.

O ciclo de vida do mosquito Aedes Aegypti, do ovo até a fase adulta, leva de 7 a 10 dias. Se a verificação e eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, poderemos INTERROMPER O CICLO.

Sem o apoio da população, não conseguiremos vencer.

Vamos juntos, todos contra a dengue, a zika e a chikungunya!

Comunicação PMS

Fotos: Divulgação/ Secretaria de Saúde

Arte: Sindiclei Baião