Sapucaia sedia etapa do Campeonato Brasileiro de Rafting

Começou nesta sexta-feira, 23 de agosto, em Sapucaia, o Campeonato Brasileiro de Rafting R4. O evento (última etapa do Nacional), que acontece na Beira-Rio, nas águas do rio Paraíba do Sul, é organizado pela Associação Brasileira de Rafting (ABR) e apoiado pela Prefeitura Municipal, e vai até domingo, dia 25 de agosto.

São 11 equipes participantes (cada uma com quatro integrantes), divididas em quatro categorias: Feminino, Sub 19, sub 23 e Open. As equipes são: Aventur Lokas, Meninas do Rio e Lumiar (categoria Feminino); Lambaris e Canoar Team (categoria Sub 19); Shark River e Meninos do Rio (categoria Sub 23); Brotas Bozo, Alaya, Bozo D’água e Ascapi (categoria Open).

Na primeira etapa do dia, Tiro de Velocidade, cujo menor tempo no percurso vence a prova, os resultados foram:

FEMININO:

Coloc. TEMPO Equipe Pontos
1 00:01:41 Meninas do Rio 100
2 00:01:47 Aventur Lokas 92
3 00:02:33 Lumiar 86

SUB 19:

Coloc. TEMPO Equipe Pontos
1 00:01:35 Lambaris 100
2 00:01:36 Canoar Team 92

SUB 23:

Coloc. TEMPO Equipe Pontos
1 00:01:28 Shark River 100
2 00:01:30 Meninos do Rio 92

OPEN:

Coloc. TEMPO Equipe Pontos
1 00:01:23 Bozo D’agua 100
2 00:01:24 ASCAPI 92
3 00:01:25 Alaya 86
4 00:01:28 Brotas Bozo 82

Acontece nesta sexta, ainda, a segunda prova.

No sábado, às 9h, haverá a prova H2H e no domingo teremos a Grande Final, com a prova de Slalom, a partir das 10h. Os vencedores de cada categoria garantem vaga para o Mundial da China. No domingo, acontecerá também o VI encontro de Esportes Radicais de Sapucaia, abrangendo várias modalidades.

Para o prefeito Fabrício Baião, tais ações são uma forma de incentivar o turismo local: “Estamos sediando, mais uma vez, a etapa final do Campeonato Brasileiro de Rafting, com os melhores atletas da modalidade. Isso coloca nosso município definitivamente no mapa do turismo de aventura, o que estimula o turismo local e ajuda a fomentar a economia, que se beneficia com os visitantes. No domingo além do rafting, teremos atletas de ciclismo, corrida rústica, rapel e parapente. Nosso objetivo é fazer de Sapucaia a capital brasileira dos esportes radicais”, disse Fabrício.

Skip to content