Secretaria de Meio Ambiente de Sapucaia participa de Seminário e trabalha pela conscientização ambiental

A Prefeitura de Sapucaia, através de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMADES), está participando hoje, dia 30 de outubro, do III Seminário de Saneamento do Comitê Piabanha, com o tema “Gestão dos Recursos Sólidos da Região Hidrográfica IV – Perspectivas e Desafios”. O evento está sendo realizado em Petrópolis e conta com a presença do vice-prefeito de Sapucaia e secretário de Meio Ambiente, Francisco de Assis Cavalcante (Chiquinho) e dos servidores da Secretaria Laize Rafaelle Aguiar dos Santos, Tadeu Gaudereto Pereira, Jakeline Corrêa da Cunha e Carlos Francisco.

A conscientização da população quanto à importância do recolhimento do óleo e da reciclagem de materiais é um trabalho constantemente realizado pela SEMADES. Preservar o meio ambiente e promover sua proteção é uma atitude fundamental para a preservação da vida na terra. Com este objetivo, as ações da Secretaria incluem a Coleta Seletiva Solidária, que acontece todos os dias nas principais ruas do Centro por meio da Cooperativa de Reciclagem Cooper Elizabeth. Outra iniciativa que merece destaque é a Gincana do Óleo, que incentiva a reciclagem do óleo vegetal entre as famílias, promovendo um desafio nas escolas: quem arrecada mais óleo recebe premiações.

Uma outra ação que vem sendo realizada pela SEMADES atualmente é a Gincana Escolar para arrecadação de garrafas pet e embalagens longa vida. A mobilização, promovida em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, começou no dia 18 de agosto e vai até 29 de novembro. O prêmio é um celular para o aluno que arrecadar mais entre todas as escolas e um fone de ouvido para o primeiro colocado de cada escola.

Importante ressaltar que a população pode ajudar na coleta seletiva fazendo a separação do material e colocando nos pontos distribuídos pelos distritos, chamados Ecopontos. O recolhimento do óleo vegetal usado também é muito importante e faz parte da coleta seletiva. O óleo pode ser armazenado em garrafas PET e deixado nos Ecopontos, não devendo ser jogado no solo, no rio e nem na pia/esgoto, o que acaba causando entupimento nas redes coletoras.

Skip to content